O Amor pela minha filha Luísa!

"Corajosa e Lutadora, tem uma grande necessidade de se sentir aprovada e de agradar a todos. Com estranhos é inibida, mas quando tem confiança é bastante comunicativa. Pode ser arisca e rebelde, mas apaixona-se com facilidade e esforça-se para ter uma relação estável e duradoura, apresentamos ao mundo a nossa filha Luísa".



Total de Visitas do Blog

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Ajudando o seu bebê a escolher uma profissão, mas tão cedo?

Nossa, acho que quando nos tornamos mamães, ficamos com os sentidos e as idéias embaralhadas...rs. A nossa vontade de ver tudo acontecer com os nossos bebês é tamanha, que quando menos esperamos, somos surpreendidas por questionamentos que nos são respondidos sem ao menos esperarmos.
Pode parecer estar cedo para começar a pensar em ajudar a minha pequena Luísa a escolher sua profissão, mas não, todos os dias a incentivo com vários objetos, brinquedos e a observo por horas, para ver como são suas atitudes, e parece loucura, mas já percebi algumas características individuais que podem ser um sinal de qual profissão ela irá se interessar, como por exemplo:

  • Ela gosta assistir jornal - jornalista?
  • Ela é bastante determinada, quando quer algo, faz de tudo para conseguir - delegada?
  • Acorda bem cedo e já quer brincar - promotora de eventos?
  • Presta muita atenção nas conversas dos adultos, como se entendesse tudo - repórter?
  • Durante sua papinha, quer segurar a colher e tentar sozinha comer - educadora?
  • Adora qualquer movimento - dançarina?
  • Pira quando ver os seus cachorrinhos correndo no quintal - veterinária?
  • Não sossega enquanto não está com a fralda limpinha - profissional da saúde?
  • Já sabe brincar de esconde esconde com o lençol - policial?
Enfim, estas e outras características me chamaram atenção, por ela ter apenas 5 meses, mas o que realmente me fez acreditar que a profissão dela está quase mapeada, é pelo fato dela adorar um computador, isto mesmo, ela pode estar brincando, comendo, rindo, mas se ver um computador, nossa, tudo para, ela realmente adora e já descobriu que através dele é possível conquistar o mundo, ler jornal, brincar, aprender muitas coisas novas e principalmente atualizar o seu blog...será que ela irá ser da área de Tecnologia da Informação? Já sei, vocês devem estar achando que eu pirei de vez, mas logo logo, quem estará escrevendo este blog será a própria Luísa, querem ver? Olhem abaixo o que a minha pequena está aprontando, eu tenho que ficar de olho, daqui a pouco ela já terá perfil no Orkut e no Facebook...rs. Abração e até a próxima!



quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

E o meu Natal foi assim...e que venha o ano de 2011!

Sem dúvida o melhor e mais especial Natal das nossas vidas, afinal, foi o primeiro Natal que passamos ao lado da nossa filhota Luísa. Tudo muito mágico e especial, já no dia 24 a noite, preparei a Luísa para irmos participar da missa de Natal, ela estava com os olhinhos brilhando, já sabendo que a partir da meia noite, viria um dia muito especial! Arrumei a nossa princesinha e fomos, eu, papai e Luísa para a missa. Ao chegarmos em casa, eu já havia preparado a nossa ceia de Natal, a Luísa não via a hora do Papai Noel aparecer, mas, eu expliquei para ela, que o bom velhinho só apareceria se ela dormisse. Não demorou muito e ela caiu no soninho, meia noite chegou e o "Feliz Natal" também. Ceiamos, e fomos abrir os presentes, mas a nossa filhota estava dormindo como um anjinho, então resolvemos deixar para  abrir os presentes no dia 25 pela manhã.

O dia 25 amanheceu e a nossa pequena Luísa acordou cedinho, estava no seu bercinho com um sorriso lindo do rosto, e após um "Bom dia" do papai e da mamãe, ela quis ir direto na árvore de natal e para sua surpresa, havia muitos presentes...ela pirou, foi uma manhã inteira abrindo os presentes e é claro experimentando cada um., uma farra geral.

















É impressionante como ela está se desenvolvendo rapidamente, da noite para dia já estava se virando sozinha, e agora só quer ficar no chão brincando de ser independente...rs.

O Natal já passou e foi maravilhoso, agora que venha o ano novo e que 2011 seja repleto de paz, amor e muitas alegrias na nossa pequena grande família!

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

É possível ensinar o seu bebê a hablar outros idiomas?

!No creo, és verdad? Sim mamães, pesquisas comprovam que os bebês tem muito mais facilidade de aprender novos idiomas do que os adultos, bem se pararmos para pensar um pouco, chegaremos a conclusão que os bebês tem mais facilidade de aprender tudo, não é mesmo? Isto porque o cérebro do bebê está em processo de transformação, permitindo maior captação das informações que lhe são apresentadas. Mas, é incrível como os bebês conseguem compreender com uma rapidez extraordinária quando conversamos com eles em outro idioma, afinal, eles aprendem através da observação, associação ou imitação, tornando o processo da aprendizagem muito mais acelerado e fantástico.


Eu sou uma apaixonada pelo idioma Espanhol, e por isto, sempre é possível me pegar conversando com a minha pequena Luísa umas palavras como: "salu", "estás con hambre?", "hasta luego", "mí hijita" e ela fica me observando como se tentasse me compreender, e cá entre nós, ela entende tudinho..rs.

Mas nesta questão do aprendizado do bebê, temos que estar sempre muito atentas, afinal, eles aprendem de tudo de uma maneira incrível, logo temos que saber o que estamos ensinando para eles, o que estão escutando, assistindo, enfim, cuidar para que eles se desenvolvam com cautela.

"Podemos ensinar sem descuidar de cuidar do tempo de desenvolvimento de cada bebê, lembre-se disso"

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

O meu bebê não fica mais sozinho, o que fazer?

Olá mamães, agora o nosso bebê entra na fase de querer estar juntinho com você o tempo inteiro, isto mesmo, ele já tem a percepção do que é ficar sozinho e este sentimento não o agrada nem um pouquinho, afinal, tem coisa melhor do que estar pertinho da mamãe e do papai?

Estou vivenciando esta fase com a minha pequena Luísa, ela brinca na sua cadeirinha, se diverte com os seus brinquedinhos, mas tudo isto, eu estando no seu campo de visão, quando eu saio para fazer alguma coisa e ela já não me vê, nossa, uma sequência de choraminguinhos se inicia, a coisa mais lindinha do mundo, mas sei que tenho que ensiná-la desde agora que não pode ser assim, que a mamãe e o papai precisam fazer suas atividades, e ela, algumas vezes, ficará brincando sozinha.

Tenho algumas amigas me acham "louca", afinal, converso com a minha filhota como se ela tivesse uns 5 anos de idade, mas desde que a Luísa nasceu, aprendi que temos que tratar os nossos bebês com amor, respeito e sempre um passo a frente do eles estão, desta maneira, ajudamos no seu desenvolvimento, e com a minha filhota está funcionando direitinho.
Estou aplicando algumas dicas valiosas com a minha princesa, para que ela não se sinta sozinha e perceba que os seus brinquedinhos são os seus amiguinhos, e está funcionando muito bem, acompanhem abaixo:

  • Crie uma rotina para o seu bebê, desta maneira ele se acostumará com as atividades diárias, como: mamar, brincar, dormir, comer, passear.
  • Acostume o seu bebê a brincar sozinho com os seus brinquedinhos, de forma que mesmo que você esteja por perto, ele possa se divertir sozinho.
  • Faça alguns testes, quando o seu bebê estiver brincando na salinha, saia um minutinho e deixe-o um pouco sozinho, e perceba o que acontece, se ele chorar, tente distraí-lo com os seus próprios brinquedinhos, e repita a sua saída, com o tempo ele perceberá que você não está abandonando-o e que voltará logo.
  • Depois que o seu bebê mamar ou comer, mostre para ele que é hora de tirar uma sonequinha, e coloque ele no berço, desta maneira, ele compreenderá que é importante ficar sozinho no bercinho para descansar a barriguinha.
  • Reverse um tempo do seu dia para brincar muito com o seu bebê, isto o ajudará no seu desenvolvimento, na relação entre pais e filhos,  e ele se sentirá muito feliz e amado, mas faça isto com exclusividade, os bebês percebem quando estamos com eles, mas com pensamento longe.
  • Sempre que possível, leve o seu bebê para passear em lugares diferentes e com gente nova, como por exemplo: no parque, no shopping, na casa da família, na casa de amigos, isto contribui para que ele perceba que existem outras pessoas ao seu redor e ajuda na sua interdependência.
É isto ai, cada dia ao lado dos nossos bebês é um dia único e muito especial!

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

O sorriso do seu bebê, a fonte mais sincera da felicidade!

Olá mamães, que fase mais gostosa que estou vivendo ao lado da minha princesinha Luísa, ela está com 5 meses e é coisa mais fofa deste mundo. Tem dia que estou um pouco cansada, mas quando vou até o quartinho dela, nossa, fico sem palavras, com tanta felicidade que invade o meu coração, ela abre um sorriso mais sincero e gostoso do mundo, chega até dar boas gargalhadas.

Ai ai...bom é pouco, a minha filhota é para mim tudo de MARAVILHOSO. Esta fase que ela está atualmente, é uma fase em que nós duas conseguimos nos comunicar mais, interagir e nos divertir muito. Fico horas brincando e conversando com ela, e ela morrendo de rir! E sem contar que a minha filhota é a minha companheira de todas as horas, passeamos para todos os lugares, juntinhas, e sempre dando muitas risadas e fazendo com que um simples dia se torne o dia mais especial do ano..rs.


Uma dica que dou para você mamãe é que aproveite cada segundo ao lado do seu bebê, porque realmente passa muito rápido, e é fascinante como sentimos falta de quando eles eram mais novinhos. Agora eu começo a entender porque muitas mamães resolvem ter outros bebês em seguida do primeiro, deve ser a saudade que aperta o coração e dá vontade de iniciar tudo novamente, não é mesmo?

Forte abraço a todas e apreciem estas coisinhas mais fofas, porque sem dúvida Deus nos presenteou com o maior presente do mundo! Até a próxima!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

A primeira papinha do seu bebê, um grande passo para a liberdade!

Nossa..como o tempo dos nossos bebês voam, a minha pequena Luísa já está enorme e já não depende só de mim, isto mesmo, chegou o grande e esperado dia, o de experimentar a sua primeira papinha. Confesso que quando recebi a notícia, pelo pediatra, que a minha filha já deveria iniciar a sua alimentação um mês antes do previsto me senti confusa, um pouco triste, mais feliz ao mesmo tempo, vários pensamentos passaram pela minha cabeça, como: "ela não vai querer mais mamar", "a minha pequena Luísa está crescendo", sentimentos e pensamentos passageiros, típicos de uma mãe que está acompanhamento o desenvolvimento do seu bebê dia a dia.


Depois do "choque emocional maternal", voltei para a realidade, e mais uma etapa estaria por vir, afinal, a minha pequena Luísa iniciaria a sua primeira papinha de frutas e suquinho. Chegando em casa, logo após a visita ao pediatra, dei um banho bem gostoso na minha filhota, deixei ela brincando na sua cadeirinha e fui preparar a sua primeira papinha. Fiquei parecendo uma "barata tonta" na cozinha, não sabia por onde começar, resolvi então começar pela bananinha, amassei tudinho e coloquei no pratinho. Coloquei o babador nela, o meu maridão e papai da Luísa preparou a máquina fotográfica e...pronto, em alguns instantes, ela daria o seu primeiro passo para liberdade...um...dois..três e já...a primeira colherada foi direto para a boquinha da Luísa...e ficamos na expectativa, quando, apareceu a caretinha mais linda do mundo, gente, foram várias caretas e muitas fotos tiradas, não sei o que se passou pela sua cabecinha, mas sem dúvida alguma, o gosto daquela comidinha era bem diferente do leitinho da mamãe..rs.

Tentei por alguns minutos que ela se acostumasse e apreciasse a bananinha, mas não tive muito sucesso, o desafio estaria apenas começando, ela ainda teria que aprender a "mastigar" e engolir, sentir outros sabores e entender que tudo aquilo era muito bom e saudável.
No segundo dia, lá estava eu novamente toda animada com a papinha da Luísa preparada, desta vez a frutinha era o mamão, então vamos lá, preparar, apontar e fogo na boquinha da Luísa, a carinha dela ainda não foi a das melhores, mas bastou uma segunda colherada para ela começar a apreciar e para nossa felicidade, comeu tudinho e ainda tomou o suquinho de melancia, preparado com muito carinho.


No terceiro dia em diante, a minha princesa nem parecia a mesma, toda independente e quase pedindo para comer, foi a vez da maçã e pera, e adivinha? Ela adorou e sem carinha feia, posso concluir que esta primeira etapa da papinha está vencida, agora vamos esperar para as próximas etapas, que pelo o que pude constatar, será tirada de letra pela minha filhota...rs.

É simplesmente fantástico ver os nossos bebês amadurendo de maneira tão rápida e intuitiva, fico feliz porque a minha pequena é muito esperta e aprende rápido. Mas é preciso que os nosso bebês sejam independentes, que entendam e se acostumem com o mundão em que estão vivendo, que criem anticorpos, que possam o quanto antes, andar com as suas próprias pernas, como um dia nós andamos!

Até a próxima com mais aventuras da minha filhota Luísa!


sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

E o Natal já está chegando...e o seu bebê só crescendo!

Queridas mamães e papais como o tempo passou rápido, né? Já estamos no final do ano e também bem próximos ao Natal, e como os nosso bebês se desenvolveram e estão nos surpreendendo cada dia mais!

Parei para pensar e nem acredito, passarei o primeiro Natal junto ao meu maior tesouro, a minha filha Luísa! Como é emocionante para mim ter o previlégio de acompanhar cada segundo ao lado dela, cada sorriso, cada olhar, cada babadinha..rs..só quem é mãe pode me entender neste momento. É verdade que são inúmeras renúncias, e muitas mudanças da noite para o dia, mas tudo vale muito a pena, porque ter a minha filha ao meu lado é como se eu pudesse renascer todos os dias de maneira mais pura, com um coração mais amoroso. A minha pequena Luísa me ensina a cada dia a ser uma pessoa, mulher, esposa, profissional e principalmente a melhor mãe do universo!

Será o primeiro Natal da minha pequena Luísa, e ela já está no clima Natalino...já fez o seu pedido para o Papai Noel, já visitou algumas decorações de Natal pela cidade e é claro me ajudou a preparar a Árvore de Natal. E eu não tenho dúvidas que este será o melhor Natal da minha vida, de muitos outros que virão! 

Particularmente, o Natal é uma das datas mais lindas e emocionantes de todo o ano, por ser o nascimento do menino Jesus, ser uma noite aonde as famílias se confraternizam, se reconciliam, o amor se renova e em uma grande festa, uma enorme paz é trazida a todas as pessoas, e mesmo estando longe, são lembradas em nossos corações.

Aproveito a oportunidade e quero em nome de toda a minha família desejar a todas as famílias muita paz neste Natal, que a prosperidade esteja presente e o amor una cada dia mais os vossoa corações! Obrigada por acompanharem o blog da minha pequena Luísa, sempre postarei dicas e as minhas experiências ao lado dela.

Feliz Natal e um excelente Ano Novo!!

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Já pensou em assistir um filme no cinema com o seu bebê?

Olá mamães, é isto mesmo, estou encantada com o projeto chamado Cinematerna, que nada mais é do que um projeto que se formou com o objetivo de cuidar de nós mamães de forma bastante especial, e nos dar oportunidade de fazer um programa diferente e muito divertido, na companhia de quem mais amamos, os nossos bebês.

Eu não conhecia o projeto Cinematerna, conheci através de uma amiga e fui conferir de perto esta oportunidade rara de poder assistir um filme no cinema, junto com a minha princesa Luísa. Gente, é simplesmente espetacular, amei muito, a sessão é toda preparada para receber as mamães e principalmente os nossos bebês, com o som mais baixo, luzes laterais acessas, fraldário disponível, local de estacionamento dos carrinhos, enfim, uma iniciativa que me encantou e sem dúvidas te encantará também!
Fonte:www.cinematerna.org.br

Não preciso nem comentar que a minha pequena Luísa adorou, nossa, parecia gente grande assistindo ao filme, não tirava os olhinhos da tela do cinema, e sem contar com tantos amiguinhos ao seu redor, ela pirou..rs. O mais legal é que podemos escolher, através de votação no site do Cinematerna, o filme que queremos assistir, e não pensem que é filme de psicologia infantil, são filmes que estão em cartaz mesmo.
Enfim..passaria o dia inteiro falando sobre a maravilhosa tarde que passei com a minha filhota e com outras mamães, onde tivemos a chance de passear, nos divertir e sem nos preocupar se o ambiente estava adequado. Muito bom mesmo! Me senti uma mamãe com direitos de ir e vir com a minha filha, sem restrições ou preocupações.

Acessem o site do Cinematerma e confiram o projeto, que está fazendo muito sucesso em todo o Brasil: http://www.cinematerna.org.br/

Grande abraço..e fica aqui mais esta dica que nos torna cada dia mais especiais, não é mesmo?

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

O seu bebê já entrou na fase do "besourinho"?

Olá mamães, estou encantada com o desenvolvimento da minha filhota Luísa, ela está com quase 5 meses e cheia de novidades, cada dia acorda nos mostrando o que acabou de descobrir, e como é fantástico acompanhar toda esta transformação.

Agora a Luísa entrou na fase do "besourinho", não entenderam nada, pois eu vou explicar, a fase que estou carinhosamente chamando de "besourinho" é a fase em que o bebê descobre que pode fazer muitos sons usando a saliva da sua boquinha, isto mesmo, é o famoso "bruuu", rs, onde sai cuspezinho para todo o lado e onde ele já compreende que pode chamar sua atenção de uma maneira bem inusitada e que nós mamães achamos lindo demais, não é?

A Luísa não mede esforços, tudo nesta fase é motivo de fazer o barulhinho do "besourinho", não sei como ela não fica com sede de tanta força e saliva que libera. E a brincadeira dela não termina, até quando está mamando quer ficar fazendo "besourinho". E o mais interessante é que fiquei me perguntando aonde ela teria aprendido tamanha façanha da noite para o dia? Mas não demorou muito para eu me lembrar que a grande culpada sou eu mesma, afinal, adoro ficar fazendo o tal barulhinho de "besourinho" na sua barriguinha...não é que eles aprendem rápido? Temos que ficar atentos em tudo que fazemos e falamos!

Esta foi mais uma experiência maravilhosa que estou vivenciando com a minha pequena Luísa, que está crescendo e se desenvolvendo tão rápido que já estou com saudades..hehe...Compartilhe a sua experiência também..te espero!

Até breve, com mais experiências e dicas!

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Vacinação, cuidando da saúde do seu bebê!

Queridas mamães e papais, falar de vacinação pode significar para muitos responsabilidade, saúde, obrigação, alegria, choro, dó, entre outros sentimentos inevitáveis para nós, que temos o dever de levar os nossos bebês, desde o seu primeiro dia de vida, para tomar a sua vacina e assim ajudá-lo a estar mais seguro de doenças e cada dia mais forte.
Mas o que me impressiona cada dia mais, é saber que muitas mamães e papais ainda não sabem qual a vacina que o seu bebê deve tomar de acordo com o mês em que está e acabam sendo negligentes, não levando-o para vacinar, e desta maneira permitindo que a sua saúde seja deixada de lado.

Antes mesmo da minha pequena Luísa nascer, eu tinha a preocupação de ter em minhas mãos um calendário de todas as vacinas que ela deveria tomar desde o seu nascimento, mas não sabia aonde encontrar, então resolvi procurar no site do Ministério da Saúde, e pronto, alí pude encontrar o calendário atualizado, bem com tirar muitas dúvidas sobre cada vacina.  Segue abaixo o calendário de vacinação da criança para que você também fique em dia com a saúde do seu bebê, como eu estou com a saúde da minha Luísa.

CALENDÁRIO BÁSICO DE VACINAÇÃO DA CRIANÇA


Fonte: http://portal.saude.gov.br/

 É importante ressaltar que existem outras vacinas, que a rede pública de saúde ainda não disponibilizou, que devem ser dadas ao seu bebê, mas que serão orientadas pelo pediatra, por isto, não deixe de consultá-lo!

A maneira mais eficaz de se prevenir contra diversas doenças, como poliomielite (paralisia infantil), tuberculose, rubéola e febre amarela, entre outras, é a vacinação. Ao se vacinar, a pessoa passa a ter proteção (anticorpo) e torna-se imunizado. Fonte: http://portal.saude.gov.br/
Fica aqui esta dica importantíssima...se liga!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Segurança e Comodidade..tudo o que você precisa ter com o seu bebê!

Todas as vezes que falamos dos nossos bebês, duas palavrinhas chaves vem a nossa mente, segurança e comodidade, a princípio podemos achar que é um luxo ter mecanismos que nos garantam um pouco mais de segurança e comodidade ao nosso dia a dia, mas com o tempo percebemos que não.


Antes da minha pequena Luísa nascer eu tinha algumas preocupações, dentre elas, de como eu iria permitir a independência dela e ao mesmo tempo ter a certeza que estaria tudo bem durante a sua noite de sono? Por que nunca concordei em criar minha filha dormindo junto comigo e o papai, ou ficar indo ao seu quartinho todo o minuto para verificar se ela está respirando no seu bercinho, então, uma das minhas primeiras compras do enxoval da minha Luísa foi a babá eletrônica summer, isto mesmo, para mim um dos melhores investimentos que fiz até hoje relacionado a minha filha.


A babá eletrônica summer é um investimento que permite a nós mamães e papais termos mais tranquilidade, segurança e comodidade com o nosso bebê, permitindo que eles tenham mais independência, podendo dormir no seu quartinho com mais tranquilidade, uma vez que esta babá vem com uma câmera que permite escutarmos e enxergarmos os nossos bebês durante todo o momento em que ele estiver descansando no seu quartinho.

Gente, é realmente maravilhoso, hoje a minha Luísa está com 4 meses e meio e sem dúvida alguma, um dos mecanismos que permitiu e a permite ser uma bebê super independente, que dorme a noite toda, alegre e com uma rotina super ajustada, foi e é a babá eletrônica summer e consequentemente, me tornou uma mamãe bem mais tranquila, segura e sem olheira...rs.

Segue abaixo algumas características da babá eletrônica e se você ainda não comprou, vale muito a pena, viu?

Visão Noturna
  • 8 luzes infravermelhas fornece grande faixa de visão noturna. A função da Visão Noturna liga e desliga automáticamante quando o ambiente fica claro ou escuro
Funções
  • 130 metros de transmissão sem fio em uma área sem obstrução
  • Tela TFT-LCD de 2,5"
  • Sensor de Imagem e áudio
  • Visão Noturna
  • Monitor colorido portátil c/ bateria de 2,5" polegadas
  • Vídeo colorido durante o dia e preto e branco a noite
  • Tecnologia de 900Mhz
  • Plataforma rotativa
  • Dois canais de transmissão
  • Alça embutida para facilitar a mudança de local
  • 3 Adaptadores de para DC/AC
  • Luzes de LED e som permitem você ouvir e ver o som do bebê
  • Opção de desligar o vídeo para ficar somente com som de noite
  • Alcance de 130 metros
  • Câmera com concetores de fixar na parede.

Até a próxima..espero que tenham gostado!

sábado, 4 de dezembro de 2010

Ensinando o seu bebê a partilhar, desde pequenininho!

Já dizia a minha mamãe: "Temos que ensinar os nossos filhos a partilhar, desde de pequenos!", mas confesso que não imaginava que a minha pequena Luísa já havia aprendido este ensinamento antes mesmo de eu ensinar..rs!
Estes dias a Luísa recebeu a visita de sua mais nova amiguinha de 2 meses, a Valentina. Gente que coisa mais linda! Não preciso nem comentar que a Luísa amou, não sei bem o que passou pela sua cabeçinha, mas ela queria interagir com a Valentina o tempo todo e olhava com uma carinha de sapeca, só faltava falar: "Valentina vamos brincar"! Muito fofa de ver.

Minha pequena estava brincando na sua cadeirinha, e a Valentina encantada com a cadeirinha também, queria experimentar aquele cantinho em que sua amiguinha sempre brinca e relaxa com os seus brinquedinhos, resolvemos então colocar em prática o ensinamento das nossas mamães..a partilha.., colocamos as duas amiguinhas, juntas, na cadeirinha, é verdade que quase não coube, mas quando sabemos partilhar, sempre tem um espaçinho, não é mesmo? E o melhor de toda esta experiência, é que elas adoraram, se divertiram muito, bem juntinhas.

Ás vezes podemos achar um exagero que bebês tão pequenos compreendam algumas lições, mas o que eu venho aprendendo e vivenciando a cada dia é que temos que ensiná-los sempre, porque um dia eles irão colocar ensinamento a ensinamento em prática e nós seremos as grandes responsáveis por isto!

Quero agradecer a minha grande amiga Raquel (mãe da Valentina) pela visita, foi um dia especialíssimo e que as nossas bebês se divertiram muito juntas..fico imaginando quando elas começarem a andar...nossa...que farra que será, não é? rs.




quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

As musiquinhas que o seu bebê irá amar!!

Olá mamães e papais, hoje vou apresentar para vocês mais uma dica que, particularmente, achei especialíssima para os nossos bebês, que são os CDs Baby Hits, isto mesmo, desde que a minha pequena Luísa nasceu, eu procurei por todo o lado musiquinhas infantis para escutar junto com ela, mas tudo o que encontrava eram músicas que não eram muito agradáveis de escutar, com poucas canções. Mas, confesso que nunca desisti de encontrar boas músicas e é claro, músicas que a minha pequena Luísa se divertisse também.

Neste último fim de semana, passeando por uma loja de brinquedos infantis, me deparei com um conjunto de 4 Cds infantis, chamado Baby Hits, achei interessante e fui dar uma olhadinha nas músicas existentes, foi ai que me emocionei, quando percebi que cada Cd continha musiquinhas que fizeram parte da minha infância e que não são fáceis de encontrar, com boa qualidade por ai, resolvi comprar.



Chegando em casa coloquei os Cds para tocarem e a surpresa, são Maravilhosos, as musiquinhas são gostosas de escutar e cantar. Cada Cd contém cerca de 25 musiquinhas e o preço super em conta, paguei R$ 35,00. Gente, o mais incrível, a minha filhota amou...e até dormiu com as musiquinhas tocando. 

Enfim, aqui vale a dica para você e o seu bebê curtirem boas músicas com ótima qualidade e acreditem, vocês também irão se emocionar ao escutarem aquelas musiquinhas que um dia sua mamãe cantou para você dormir!

Até breve e com outras dicas valiosas!

terça-feira, 23 de novembro de 2010

O meu bebê já fala "bebenêz"!

Nossa, como é espetacular o desenvolvimento da nossa pequena Luísa, a impressão que temos é que da noite para o dia ela se transforma..simplesmente incrível!

A Luísa está como 4 meses e 10 dias e já está falando como nunca...isto mesmo, ela se comunica com tudo e todos, a coisa mais fanstástica de acompanhar. Quando conversamos, ela já responde com vários sons, como: ehhh, ahhh, ohhh, ouu, aiaia, eiii, papa, bae e outros mais que não consigo reproduzir aqui, afinal esta é uma tarefa difícil, rs. Na presença dos brinquedos dela, fica horas conversando a linguagem "bebenêz", isto mesmo, esta é a famosa linguagem dos bebês, porque eles se comunicam perfeitamente e nós adultos ficamos babando e loucos para entrar na conversa, não é mesmo?


Outro fato curioso são os "gritinhos" que a minha pequena Luísa já está soltando, ela começa a conversar e como se falasse "Chega! Cansei de brincar com estes brinquedos"!, " Mamãe, quero ir para outro lugar, fazer outra coisa"! ou até mesmo "Olha amiguinho, eu já sei falar"! Que fase interessante que estou tendo a oportunidade de passar junto com minha filhota, fico horas escutando ela e é claro que sempre entro na conversa, um momento divertidíssimo e único para nós duas!

É importante sempre doarmos o nosso tempo precioso para participar com os nossos bebês desta fase tão especial e linda que eles estão passando, cada murmurinho, gritinho ou "bebebêz" que seja, é fundamental para o desenvolvimento destes nossos tesouros, e nós mamães e papais temos um papel fundamental para que eles tenham plena liberdade de expor os seus sons, gemidos e sorrisos!

A Luísa está cada dia mais nos surpreendendo e nos ensinando muito também, e agora temos que lembrar que ela sempre terá vários amiguinhos e que eles batem papo o dia todo..rs..assim não nos assustamos com tantas conversinhas..rs.

Aposto que você mamãe e papai também está curtindo muito esta fase, não é? Pois curta mesmo, passa rápido demais, eu já estou com saudades...heheheh!

Aproveite cada momento com o seu bebê, quando menos esperar, tudo já passou e restará apenas as lembranças de uma infância bem vivida ao lado de quem ele ama muito...Você!
Abraços e até a próxima!

sábado, 20 de novembro de 2010

Quando a febre do seu bebê deve ser sinal de preocupação?

Olá mamães e papais, hoje a nossa Luísa foi visitar o seu pediatra em mais uma consulta mensal, e para a nossa felicidade ela está pesando 6.040Kg e medindo 62cm, como cresceu a nossa princesa!

Esta semana levamos um susto com a nossa pequena Luísa, que após tomar a segunda dose da vacina Tetra, começou a ficar enjoadinha e no final da noite começou a ter febre. A princípio não nos preocupamos muito, porque sabíamos que 37.5 de febre ainda é considerado uma temperatura normal, mas quando percebemos que ela estava com 38.5 de febre desesperamos e logo lembramos das orientações do Dr. Roberto, de dar as gotinhas do Tylenol bebê, mas não podíamos imaginar que ela não iria aceitar o remédio e consequentemente não iríamos conseguir, sozinhos, abaixar sua febre. Enfim, não nos restava nada a não ser levarmos ela no hospital, e foi exatamente isto que fizemos. Chegando lá, nossa Luísa tomou uma injeção de Dipirona,  o que controlou a sua febre e nos deixou bem mais tranquilos.

Contando este acontecimento para o Dr. Roberto, hoje na consulta da Luísa, fomos surpreendidos por suas palavras, que nos disse que não precisaríamos ter nos preocupado desta maneira com a reação da vacina, afinal quando a criança tem febre, significa que o seu organismo está reagindo bem as adversidades e isto é muito bom! Nossa, a princípio não entendi nada, achei o que Dr. Roberto estava brincando conosco, mas logo compreendi suas palavras e, para nos exemplificar o que estava querendo nos dizer, fez uma escala sobre os valores que devem ser considerados quando o assunto é Febre, conforme apresentado abaixo:
  • Febre leve a moderada = 37.5 a 38.5
  • Febre moderada a alta = 38.5 a 39.5
  • Febre alta a altíssima = acima de 39.5
É claro que toda e qualquer alteração no corpo do nosso bebê deve ser observado e tomado as devidas providências, mas é importante estarmos esclarecidos para não nos precipitarmos. Existem alguns médicos naturalistas que acham que a febre é necessária para que o corpo do nosso bebê crie resistência e consiga reagir cada vez mais as adversidades do ambiente, bem eu respeito as opiniões destes especialistas, mas não me peça para concordar com estas teorias de forma tão natural assim, afinal eu sou mãe, e ver a minha bebê quentinha, enjoadinha me deixa enlouquecida e acredito que tanto a minha vontade quanto a de qualquer mamãe e papai é que tudo volte a normalidade o mais rápido possível, não é mesmo? 

Até a próxima!

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Passeando de carro com o seu bebê..que cuidados devo ter?

Caras mamães, quando o assunto é levar o nosso bebê para passear de carro muitas dúvidas e inseguranças nos são apresentadas, isto porque, tememos a enorme violência no trânsito, que a cada dia está maior, porém o que costumo dizer as minhas amigas mamães é que, a vida precisa ser vivida e não podemos nos privar e principalmente, privar os nossos filhos de estarem ao nosso lado, passearem, conhecerem lugares e pessoas novas.


Confesso que com a nossa pequena Luísa, no início eu sentia muita insegurança de andar sozinha com ela no carro, porém com o tempo percebi que, seguindo alguns cuidados essenciais, o passeio pode sim acontecer, de forma muito divertida e segura, ela é sem dúvida a minha companheira para todas as horas e quando ela descobre que vai passear, fica super feliz.
Acompanhem as dicas abaixo que utilizo com a minha filhota e vem funcionando muito bem:

  1. Compre um bebê conforto apropriado para o peso e tamanho do seu bebê. ( Uma dica: se tiver a oportunidade de comprar no exterior, irá pagar muito menos e ter um produto de ótima qualidade).
  2. Siga as instruções para colocar o suporte do bebê conforto no seu carro, de maneira que ele fique bem firme e seguro.
  3. É muito importante que o cinto de segurança fique bem preso ao seu bebê, todo cuidado é pouco!
  4. O bebê conforto é apropriado para recém nascidos e bebês de até 13Kg, que são mais reclinados e devem ser colocados no carro de costas para o banco da frente do motorista.
  5. Outra dica fundamental, é colocar um retrovisor para que se possa ver o bebê enquanto se dirige, desta maneira, nós mamães e papais ficamos muito mais tranquilos e conseguimos acompanhar como está o nosso bebê durante o passeio de carro.
  6. Preste atenção se o seu bebê está pegando sol vindo da janela, para previnir, proteja a janela com um pano ou uma cortina antes do passeio de carro começar.
  7. Deixe o seu bebê com algum brinquedinho que ele goste, isto ajudará a distraí-lo durante o passeio de carro.
  8. Se você gostar de ouvir uma música, sugiro deixar o volume baixo, de maneira a conseguir escutar o seu bebê.
  9. Cante, converse, fale com o seu bebê, é importante ele saber que vocês estão juntos em um passeio muito gostoso e divertido.
  10. Normalmente, o bebê dorme quando está dentro do carro em movimento, mas se isto não acontencer, não se preocupe, a medida que o seu bebê vai crescendo, ele vai interagindo mais e mais com o mundo, e vai querer olhar tudo ao seu redor.
  11. Antes de sair para passear com o seu bebê, dê a comidinha dele, assim ele ficará bem tranquilo e sem fome.
  12. Ao chegar ao destino com o seu bebê, observe bem ao redor para ver se o lugar está seguro, não existe ninguém suspeito..não dê bobeira, lembre-se que você está com o seu maior tesouro.
  13. Se o bebê estiver dormindo quando chegarem ao destino, retire-o do carro ainda no bebê conforto e coloque-o no carrinho de bebê, assim o bebê continuará bem tranquilo e a sua sonequinha não será interrompida.
Bem, estas são as minhas dicas para se passear com o seu bebê com tranquilidade e segurança, eu e a minha pequena Luísa passeamos muito e ela é a minha companheira de todas as horas.

Depois que nos tornamos mães, nunca mais nos sentimos sozinhas.

sábado, 13 de novembro de 2010

As mamães e as mudanças de feições ao falar com o seu bebê.

Por que será que nós mamães mudamos de feição, ou seja, fazemos caras e bocas, ao falarmos com o nosso bebê? Já perceberam que quando vamos dar bom dia ao nosso bebê, chegamos perto dele, e com um sorriso enorme, falamos: Bom Dia!, ou quando vemos o nosso bebê chorar, chegamos perto dele e com uma carinha de compaixão, dissemos: Ohh..porque você está chorando? O que você quer? Todas estas mudanças de expressões são explicadas pela nossa velha conhecida psicologia, que comprova que nós mamães, utilizamos intuitivamente, algumas expressões para interagir com os nossos bebês, ajudando e muito no seu desenvolvimento.
Seguindo esta linha da psicologia, foram feitos alguns estudos que comprovaram que três são as expressões utilizadas pelas mamães para se comunicarem com os seus bebês, são elas:

  1. Expressão da compaixão: Quando as mamães procuram demonstrar que se preocupam com o bebê, visando dar-lhe segurança e demonstrar amor. Esta expressão normalmente vem acompanhada de um olhar caído, e um ohh..o que você tem?
  2. Expressão da surpresa: Quando as mamães procuram demonstrar orgulho e surpresa, vem acompanhada dos olhos bastante abertos, as sombrancelhas elevadas e a boca com um enorme sorriso, como por exemplo: Parabéns! Você conseguiu!
  3. Expressão do amor: Quando as mamães procuram demonstrar o enorme amor que sente por seu bebê, acompanha um sorriso doce, sincero e muitas palavras de carinho.
A cada dia que passa me pergunto como é maravilhoso acompanhar as fases da minha pequena Luísa e logo as minhas fases também, afinal, nós mamães, somos capazes de nos modificar infinitas vezes, para nos comunicar com os nossos bebês, nós nos "enculturamos" para podermos estar cada dia mais próximas e suprir todas as necessidades, pedidos, anseios dos nossos tesouros.

Estou aprendendo a cada dia a aprender mais!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Ajudando no desenvolvimento do seu bebê..Fantástico!

Queridas mamães e papais, o tempo está passando mais rápido do que nunca e a nossa Luísa já está com 3 meses e meio. O seu desenvolvimento está tão rápido e espetacular que fica difícil de descrever passo a passo aqui no blog, mas sempre que puder deixarei as dicas para você que está vivendo está fase tão maravilhosa do seu bebê como nós...o descobrimento do corpinho e dos sentidos do seu bebê.

Semana passada estávamos brincando com a Luísa, até então tudo estava como antes, até que a colocamos no nosso colo deitadinha e ai veio a surpresa ela segurou a nossa mão bem forte e forçou até conseguir se sentar..nossa..ficamos encantados, a nossa pequenininha estava, sozinha, tendo força para começar a se sentar...Fantástico, a partir deste momento, começamos a ajudá-la mais e mais no seu desenvolvimento, o que precisa ser feito com muita paciência e carinho, para que o seu bebê não se machuque. Segue abaixo algumas dicas para ajudar no desenvolvimento do seu bebê:

  • Coloque o seu bebê na sua perna deitadinho, virado para você, segure bem firme as suas mãos e deixe com que ele se esforce para se levantar, assim que ele fizer, tente manter o seu equilibrio, mas deixe o bebê descansar também...faça pequenas pausas, não deixe ele se irritar, se isto ocorrer, pare o exercício.
  • Outra dica é colocar uma almofada e encostar o seu bebê nela, deixe-o solto, mas fique atenta, segure suas mãos novamente e deixe com que ele se exercite, quando ele for perdendo as forças, encoste-o na almofada, espere um pouco e retorne o exercício.
  • Coloque um tapete colorido, ou um paninho do seu bebê, e coloque-o de bruços, apoie os seus bracinhos e deixe uns brinquedinhos espalhados, isso ajuda a desenvolver os sentidos do seu bebê, ele irá se esforçar para conseguir pegar os brinquedinhos e logo estará engatinhando, mas cuidado, estes exercícios devem ser bem rápidos, afinal o bebê está começando o seu desenvolvimento do seu corpinho, não o force, ele deve estar feliz e gostando dos exercícios.

Estamos maravilhados com a nossa Luísa morrendo de vontade de se sentar, engatinhar e andar..e ela como é bem precoce, sem dúvida irá nos surpreender logo logo..rs.

Abraços e até a próxima dica! Caso queiram que eu poste alguma matéria interessante, envie email: karlaconstantino@gmail.com

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Um dia mais do que especial...o Batizado da nossa Luísa.

Ontem, dia 24 de Outubro de 2010, às 08:00 da manhã foi o dia escolhido para que a nossa pequena Luísa fosse batizada, um dia muito especial para nós, uma vez que acreditamos neste sacramento tão importante, para que, a nossa filha se inicie em uma vida cristã e cheia de amor.

Não imaginávamos como seria emocionante aquele momento, afinal, estavámos batizando a nossa filha, o nosso maior tesouro. A pequena Luísa estava tão tranquila que dormiu durante todo o batizado, e na hora de molhar a sua cabecinha na pia batismal, ela abriu o olhinho e deu um sorriso bem gostoso, ela deve ter achado que ia tomar banho, que por sinal ela adora..rs.


Os vovôs, vovós, bisa, tias, tios e amigos estavam presentes neste grande momento e puderam compartilhar a nossa felicidade junto com a nossa filha, depois do batizado, fomos para a nossa casa para um almoço bem gostoso...e pudemos ver como a família está enorme, nunca havia visto tanta criança reunida..bom demais..um dia maravilhoso, animado e com a presença de Deus mais do que nunca.



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Até a próxima!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

A primeira viagem do seu bebê..quando deve ser?

Sem dúvida alguma o maior desejo das mamães e papais é realizar a primeira viagem junto com o seu bebê, mas muitas são as dúvidas e medos que acabam com este desejo, sem ao menos ele se iniciar. Eu e o meu maridão sempre fomos muito aventureiros e é claro aproveitamos todas as oportunidades para um descanso inusitado, com a chegada da nossa filha Luísa não foi diferente, mas as preocupações são extras, afinal temos que respeitar as limitações do nosso bebê.

Dia 08 de Outubro de 2010 foi o dia escolhido para a nossa primeira viagem em família, o destino, Vitória – ES e a preferência foi ir de avião, por termos apenas 4 dias de folga. A Luísa estava com 2 meses e 24 dias de vida, e foi a atração do aeroporto, afinal, todos ficaram encantados com a tranquilidade dela para viajar, mal sabem que a nossa filhota adora uma farrinha..rs.
Mas não se enganem, como tudo que fazemos pela primeira vez gera dúvidas e insegurança, também estávamos pensando como seria o primeiro vôo da Luísa, se ela sentiria alguma dor, se iria chorar, se ficaria no colo, se iria querer mamar, entre outros questionamentos, mas arrumamos as malas e seguimos em frente, com fé em Deus e muita animação para passar um feriadão em família, o primeiro de muitos outros. Abaixo segue as dicas e o passo a passo que fizemos para tornar a primeira viagem da Luísa, uma viagem inesquecível: 
Preparativos:
  • Primeira providência que tomamos foi consultar o pediatra da Luísa e pegar todas as orientações para uma viagem tranquila, lembre-se que cada criança é única.
  • Reserve um bom hotel e lembre-se que vocês passaram muitas vezes por ele por conta do seu bebê.
  • O seu bebê precisa estar com a saúde ótima para que não esteja sujeito, facilmente, a pegar gripe ou outras doenças. 
  • Para arrumar a mala do seu bebê, faça uma lista com tudo que precisa no dia a dia dele, tudo mesmo. Lembre-se de levar roupas de calor e frio, toalhinha de banho, sabonete para banho, cotonete, um pacote cheio de fraldas (é claro que isto depende do tempo da viagem), pomada extra de assadura, uma maleta com remédios para febre, dores, gases, algum brinquedinho que distraia o seu bebê e outros acessórios que ele está acostumado a utilizar.
No aeroporto e avião:
  • Muitas pessoas não sabem, mas cada bebê tem direito de levar um carrinho ou um bebê conforto como bagagem, sem cobrança extra, caso queira levar os dois, é cobrado uma taxa de excesso de bagagem. 
  • Outra dica valiosa é sobre o carrinho do seu bebê, ao fazer o check-in, informe ao atendente que você quer despachar o carrinho na porta do avião, você receberá um saco plástico para despachá-lo e o carrinho será etiquetado, desta forma o seu bebê poderá ficar acomodado no carrinho até a hora de embarque.
  • Ao entrar no avião, se acomode, coloque o cinto de segurança e acomode o seu bebê no seu braço de maneira que ele fique deitado e pronto para uma mamada, afinal tanto na decolagem quanto na hora da chegada, os ouvidos do bebê podem doer muito, um segredinho é dar o peito para o bebê, caso ele esteja dormindo, não o acorde, com os seus dedos pressione devagar os ouvidinhos dele. A Luísa tirou de letra, dormiu a viagem inteira e ficou bem tranquila.
  • Ao chegar no destino final, informe ao comissário de bordo que você deseja o carrinho do bebê que despanhou na porta do avião, no caso da Luísa, eles esqueceram e acabaram colocando-o na esteira junto com as demais bagagens, mas foi tudo tranquilo.
No hotel e táxi:

  • Ao chegar pegue um táxi e se direcione para o hotel reservado. Ao chegar no hotel, pergunte se possue berço para o bebê, muitos disponibilizam este serviço que é um adianto.
  • Caso o hotel não possua berço, não se desespere, lembre-se que o carrinho do seu bebê é a cama, o trocador e o meio de transporte dele. 
  • Ao pegar o táxi para os passeios, segure o seu bebê com os seus braços formando um cinto de segurança, assim a proteção é garantida.

Na praia e passeios:
  • Leve o seu bebê para conhecer o mar, a Luísa amou, e não deixe que ele se contente com o calçadão, carregue o carrinho até a beira do mar e curta muito estes momentos especiais, é claro que sempre respeitando os horários que o bebê pode ficar no sol e mesmo assim sempre o proteja no carrinho, afinal a pele do seu bebê é muito sensível.
  • Os pediatras não recomendam passar nada na pele do bebê antes dos 6 meses, por isto, proteja-o com chapéu, roupinha e aproveite muito.
  • Passear a noite com o seu bebê é válido, mas cuidado com o local que está, se possue movimento, se está ventando muito..a minha dica é aproveitar bem o dia e a noite descansar com o seu bebê no hotel.

Durante o banho do bebê no hotel:
  • Bem, aqui parece mais confuso, afinal a nossa Luísa sempre tomou seu banho na sua banheira e agora o que fazer? Simples, ajuste o chuveiro para ficar com a água morna, e entre no chuveiro com o seu bebê, é melhor que seja feito de dois, um segura o bebê e o outro o molha, ensaboa e dá um banho gostoso..a Luisa adorou a nova maneira de tomar banho, fez muita farra.

Bem...acredito que estas dicas vão ajudar vocês, que neste momento, estão pensando em fazer uma primeira viagem com o seu bebê, e na minha opinião o segredo é “Entender que o seu bebê não é um problema para você e que tudo pode ser feito com ele, apenas com algumas adaptações”.


Até a próxima.