O Amor pela minha filha Luísa!

"Corajosa e Lutadora, tem uma grande necessidade de se sentir aprovada e de agradar a todos. Com estranhos é inibida, mas quando tem confiança é bastante comunicativa. Pode ser arisca e rebelde, mas apaixona-se com facilidade e esforça-se para ter uma relação estável e duradoura, apresentamos ao mundo a nossa filha Luísa".



Total de Visitas do Blog

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

A fase da BIRRA, o que fazer?

Olá mamães, tudo bem?

  Os nossos bebês estão crescendo rápido e se desenvolvendo na velocidade da luz, mas a apartir de agora, temos que prestar bastante atenção nos nossos pequenos porque eles já começam a saber exatamente o que querem, e também começam a saber fazer BIRRA quando não querem algo, e ai a pergunta que muitas mamães e papais se fazem é: "O que fazer quando o meu bebê der birra?".


 
  A nossa pequena Luísa está exatamente nesta fase, de muita esperteza, não para quieta, quer fazer tudo o que tem vontade, mas quando não deixamos ela fazer alguma coisa que quer, nossa, começa o espetáculo da Birra, se joga para trás, chora, bate, faz biquinho e muito mais, mas para tudo nesta vida tem um jeitinho e abaixo descrevi algumas técnicas que estão funcionando muito bem com a nossa Luísa para que esta birra para antes mesmo de começar a se tornar um problemão, acompanhem:

  • Dê limites ao seu bebê sempre - mesmo que ele chore, bata, se jogue para trás, lembre-se que a educação deve ser dada de berço.
  • Perceba se realmente o seu bebê está fazendo birra - se ele está limpinho, com a barriguinha cheia, e está sorrindo, brincando, pulando, mas se você tira algum objeto da sua mãozinha ou não deixa ele fazer algo e ela fica mal, OPS, pode ter certeza que é birra.
  • Como agir quando o seu bebê der birra - a melhor dica para acabar com a birra é fingir que você nem está vendo aquele "espetáculo", mas antes é fundamental ter certeza que é birra. Pode fazer o teste, deixe o seu bebê dar birra e olhe para outro lado, ou continue assistindo televisão, ou saia de perto, em poucos minutos ele parará de dar birra e te procurará. O bebê faz birra como uma defesa, onde normalmente, ele consegue tudo o que quer, mas se não dermos atenção e se ele não tiver "platéia", ele para, porque percebe que não adianta nada.
  • Ensine o seu bebê desde bem pequeno que tudo tem hora certa para acontecer - não dê tudo o que ele te pedir, sabemos que muitas vezes não resistimos a um pedido deles, mas temos que tentar, para que não criemos um adulto problemático no futuro.
  • Convide o seu bebê para participar das atividades com você - muitas das vezes o bebê faz birra, porque quer mais atenção do que você está dando, a dica aqui é sempre reservar um tempo somente para ele.
  • Se o seu bebê tomar atitudes agressivas, como bater, vá até ele, olhe bem nos seus olhinhos e diga que aquela atitude que ele fez não é correta. Acredite o seu bebê vai te entender, só tenha cuidado para não alterar a sua voz, seja tranquilo ao passar a mensagem de correção.
  • Quando o seu bebê estiver no auge da birra e for necessário, deixe-o no chão dando a birra e saia um pouco de perto, ele perceberá que toda vez que der birra você ficará distante e isto ele não quer por nada neste mundo.
  • Jamais "compre" o seu bebê, sempre o recompense por algo que ele fez ou conquistou, isto será um bom hábito que ele aprenderá desde pequeno.
Enfim, sabemos que lidar com a birra dos nossos bebês não é uma tarefa simples, porém devemos saber que é uma tarefa possível. E com disciplina e paciência, conseguimos acabar com a birra deles.

A nossa pequena Luísa ainda faz birra quando quer alguma coisa, mas a nossa atitude é exatamente a que descrevi acima e não dura mais do que 2 minutos, porque ela sabe que não irá surtir efeito algum e só quem sai perdendo é ela.

Espero que apliquem as dicas acima e depois me escrevam a experiência de vocês. Se tiverem mais dicas, por favor me enviem que eu publico no blog.

Até a próxima!

5 comentários:

  1. Nossa quanto tempo que não passava por aqui rs.
    Adorei as dicas são valiosíssimas,usarei quando a Lavínia entrar nesse fase embora eu já ache que ela faz muita birra rs.
    Más ainda tenho duvidas,então esperarei depois de 1 aninho que é quando ela certamente estará entendendo mais as coisas,para me certificar de que ela está realmente fazendo birra.


    Um bjão Luisa está uma mocinha linda demais!

    ResponderExcluir
  2. Olá, fazia tempo que não te via por aqui mesmo, e como está a sua pequena? Aprontando muito? Que bom que gostou das dicas, são valiosas..grande beijo e obrigada.

    ResponderExcluir
  3. Olá Karla,
    adorei as dicas. MInha pequena está com 1 ano e 1 mes, e começou com as birras (o choro é diferente) com 1 ano. Mas sempre explicamos que aquilo não é correto, e nunca damos aquilo que é o motivo da birra. Claro, sempre sem perder a razão. beijos! Sua Luisa está linda!

    ResponderExcluir
  4. Oi Alice, que bom que gostou, nossa esta fase das birras é difícil, mas vamos tirar de letra..kk.Beijos e obrigada!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns. Foram as melhores dicas que achei na net. Diretas e reais. Muito muito obrigado. Sou pai de gêmeos (9 meses) e, por isso mesmo, sei o quanto isso me vai ser valioso. Beijo grande. Claudio.

    ResponderExcluir

Obrigada por participar do meu Blog!