O Amor pela minha filha Luísa!

"Corajosa e Lutadora, tem uma grande necessidade de se sentir aprovada e de agradar a todos. Com estranhos é inibida, mas quando tem confiança é bastante comunicativa. Pode ser arisca e rebelde, mas apaixona-se com facilidade e esforça-se para ter uma relação estável e duradoura, apresentamos ao mundo a nossa filha Luísa".



Total de Visitas do Blog

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Espirrar e Soluçar, todo bebê um dia terá!

É incrível quantas novidades, descobertas e curiosidades nascem junto com o nosso bebê, não é mesmo? Lembro que a minha pequena Luísa estava com poucos dias de vida e começou a soluçar, nossa, eu pirei, achei que ela estava com algum problema respiratório, mas era apenas um soluço de bebê e que depois de pesquisar muito, descobri que era super normal.

E não bastava o susto do soluço, logo peguei a Luísa espirrando, como podia um serzinho tão pequeno já com força para espirrar como gente grande! Então pensei, "Ai meu Deus, ela deve estar gripada", mas também estava enganada, porque o espirro em bebês é super natural!

Mas a pergunta que não quer calar é: "Porque os bebês tem soluços e espirros quase que diariamente?" Com a passar dos dias, fui pesquisando, lendo, me informando e principalmente obsevando a minha filhota e percebi que, com o seu crescimento, estes dois fatores naturais iam diminuindo, e resolvi listar algumas causas observadas durante esta fase inicial e também ditas pelas nossas mamães e vovós, acompanhem:

Soluços podem aparecer:
  • Após a mamada, quando a barriguinha do bebê ainda está cheia. Após a digestão, costuma desaparecer.
  • Quando o bebê está com frio, basta colocar uma roupinha bem quentinha.
  • Quando o bebê está com a fralda molhada, o corpo se defende com o soluço, após a troca da fralda, tudo volta ao normal.
Espirros podem aparecer:
  • Porque o narizinho do bebê está entupido, o espirro é uma defesa do organismo para conseguir respirar melhor e colocar para fora o que está atrapalhando.
  • Para limpar as fossas nasais das secreções ainda existentes.
  • OBS: Muitas mamães e papais não sabem, mas 70% dos motivos dos bebês não dormirem bem, não conseguirem mamar e ficarem muito irritados, é pelo simples fato do narizinho deles estarem entupido, e por medo ou receio, muitas mamães não limpam adequadamente. Não tenham medo, existem cotonetes específicos para os bebês que ajudam muito neste início.
Atenção: Quando o bebê está resfriado, o espirro vem acompanhado de uma clara secreção semiliquida.

A obstrução nasal nos bebês, principalmente nos primeiros dias de vida, é super normal, uma vez que as secreções advindas do nascimento, ainda podem existir, e algumas dicas preciosíssimas são de fundamental importância para que o seu bebê respire melhor e consequentemente, coma e durma cada vez mais, acompanhem:
  • Duas vezes ao dia, pingue soro no narizinho do seu bebê.
  • Após pingar o soro, limpe com um cotonete as narinas dele, com muito cuidado e atenção.
  • Não é aconselhado utilizar aspiradores nasais, porque machucam a mucosa do nariz do bebê e retira a proteção natural.
Enfim, estas sem dúvida são algumas das infinitas preocupações de nós mamães de primeira viagem, mas, que com o tempo e a experiência, vamos nos tornando especialistas no assunto e seguras para cuidar dos nossos bebês mais e mais.Até a próxima!

4 comentários:

  1. adorei esta postagem , meu filho fica direto com tosse...obrigada.
    e eu estou te enviando selinho de qualidade para vc, so ir no meu blog e pegar!!!!
    bjks

    ResponderExcluir
  2. Titia babona passou por aqui... bjks

    ResponderExcluir

Obrigada por participar do meu Blog!